Cepa torta, isto da cepa torta tem que se lhe diga. Por exemplo, «Ouve lá, endireita-te! Faz assim…».  Mas dizer isto ou declamar o Quasi do Mário de Sá-Carneiro não endireita a cepa. Não vai lá com exemplos. Só vai com a persistência da cepa, com o desejo inquebrantável de se virar para o céu e vai com a sorte.