Portugal, não sejas do mundo. Ninguém imagina pedir ao nosso país semelhante propósito. Todavia, «Paris, não sejas inglesa, chinesa ou marroquina», já faz sentido. Porque será? 😉